VOCÊ SEMPRE ENCONTRARÁ O PRAZER DE ESTAR E DECIFRAR... UM LIVRE PENSAR...

domingo

Eu Bocejo, Tu Bocejas, Êle...


Vocês já se perguntaram qual a razão desta pergunta? Por que quando estamos conversando com uma pessoa, e esta boceja, automaticamente bocejamos também?
Ou ainda, quando ouvimos uma gargalhada, começamos a rir sem saber do que, mas rimos como se tivéssemos acabado de ouvir a piada do século, não é verdade? Pior ainda, é quando estamos em um velório, e uma pessoas começa a rir baixinho, começamos a ter vontade de rir também, já passaram por isso??? É hilário e também uma falta de respeito, vamos falar sério, mas não temos culpa!


Isso é uma atividade inerente do ser humano. Basta que alguém boceje ao nosso lado (ou até que simplesmente vejamos uma fotografia com alguém a bocejar) que nós bocejamos logo em seguida.Isso é uma atitude pouco estudada do organismo humano chamada"corporativismo corporal". Quando vemos ou ouvimos um bocejo,registramos isso no nosso cérebro. A informação é processada pelas células nervosas e atinge em cheio a medula óssea, que transmite esses dados de volta ao cérebro e faz com que repitamos o acontecido.Com algumas pessoas isso também ocorre com tosse ou comichão.Mas, com os bocejos, é praticamente universal. Provavelmente um resquício no nosso inconsciente do que ocorria na idade da pedra,onde os homens das cavernas simbolizavam com o bocejo que estavam cansados.

A verdade é que não há uma explicação plausível para estes comportamentos.

Patchulla

Um comentário:

Sissym disse...

Sobre bocejar, é algo realmente interessante porque é contagioso. A sorte que não faz mal. Só causa preguiça.

Eu li sua poesias e ela é bastante reflexiva, de bom astral, levando as pessoas a pensarem um pouco na maneira de reagir e agir.

Bjs